Goldberg: Diálogos entre Duas Eras – Estreia Quarteto OSESP

Queridas amigas, queridos amigos de SP, gostaria de convidá-los para a estreia de “Goldberg: Diálogos entre Duas Eras”, meu primeiro trabalho deste ano como compositor convidado do Quarteto OSESP. O Concerto será nesta quinta (27), às 20h, na Sala São Paulo. Para os amigos fora de SP, o concerto será transmitido pelo YouTube da Osesp no dia 4 de junho!

Em seguida, a nota de programa, para que conheçam um pouco mais sobre esta peça… Um grande abraço, a todos e a todas! Espero encontrá-los nesta quinta, e no concerto virtual!

“Goldberg: Diálogos entre duas Eras” foi composta em um intervalo de 280 anos. A obra, escrita por dois compositores, se manifesta na forma de um diálogo, entre séculos e culturas distantes. A princípio, foram orquestradas, para quarteto de cordas, a Ária e seis das Variações Goldberg – peça para teclado de Johann Sebastian Bach, publicada em 1741. Posteriormente, foram inseridos, entre as orquestrações, quatro comentários musicais, todos escritos em 2021. Este diálogo, embora permaneça nos limites de um mesmo assunto musical, ocorre entre duas linguagens distintas: a linguagem de Bach, e minha própria linguagem como compositor. A combinação de estéticas e sonoridades vai além de um ensaio de contextualização da obra de Bach para os tempos atuais. O propósito maior desta peça é idealizar um diálogo cordial: construído por timbres e caracteres distintos, mas com respeito à natureza de cada som. Por mais distantes que sejam os discursos, por maiores que sejam as diferenças, sempre há a possibilidade do diálogo. Quando as ideias não mais buscam sobrepor-se umas às outras, mas construir um ambiente de harmonia, de respeito às diferenças – onde cada lado busca escutar, com verdadeira atenção, a essência mais íntima do outro.

http://www.osesp.art.br/concertoseingressos/concerto.aspx?IdApresentacao=8641

Concertos OSESP | MASP

Este projeto migrou para o ambiente digital e terá, na edição setembro, a obra Os semeadores, 1947, de Diego Rivera, escolhida a partir do acervo do MASP, relacionada pelo palestrante Felipe Martinez às composições de Ángel Villoldo, Caio Facó, Johann Sebastian Bach e Franz Schubert, com o violinista e spalla Emmanuele Baldini e a Academia da Osesp.

2.9.2020 – QUARTA – 20H

https://www.youtube.com/user/maspmuseu

Concerto com Emmanuele Baldini e a Academia de Música da OSESP

Nesta sexta, 19 de junho, às 19:30:

  • BACH | Variações Goldberg, BWV 988: Ária e 5 Variações [arranjo de Caio Facó]
  • SPOHR | Variações sobre a Ária “Je suis encore dans mon printemps”
  • SCHUBERT | Movimento para Trio de Cordas em Si Bemol Maior

A transmissão terá apresentação ao vivo do coordenador dos programas educacionais da Fundação Osesp, Rogério Zaghi:

https://www.youtube.com/videososesp